quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

Como surgiram as bruxas - breve comentário


         Primeiramente, gostaria de dizer que estou muito contente em fazer parte deste blog e poder contribuir falando sobre alguns dos mistérios da humanidade. Um dos assuntos que muito me fascina é o que diz respeito às bruxas, seus rituais e filosofia de vida. 

        Para começar, nada mais justo do que discorrer a respeito da origem das feiticeiras e, como primeira ilustração, posto um desenho que meu amigo Victor Rodovalho, por saber de minha fascinação pelo tema, fez para mim há alguns anos atrás.






Dizem as más línguas que a primeira bruxa existente fora exatamente a primeira mulher a ser criada por Deus e primeira esposa de Adão. Sim! Aquela que não saíra das costelas do primeiro homem, considerada o lado obscuro da mulher e lado escuro da lua, a excluída da bíblia,  Lilith. Bruxa ou demônio? Parece que é tudo a mesma coisa, afinal, desde criancinhas aprendemos com os contos de fadas que "bruxa" é sinônimo de "demônio". Todavia, a história não é bem esta.

Lilith


As bruxas, começaram a ser consideradas como tais, por volta do século X, quando algumas mulheres começaram a interessar-se por ervas. Elas entendiam das propriedades medicinais das plantas, assim como de ervas venenosas. Essas mulheres tinham conhecimentos avançados sobre cura e envenenamento. Como os povos eram leigos no assunto, tinham medo de que essas mulheres os enfeitiçasse por meio das ervas. Elas eram muito temidas. Então, começaram a surgir os mitos que hoje conhecemos: elas enfeitiçam, são capazes de mudar o tempo, matam sem usar armas e conseguem o que querem por meio de magia, além, claro, de serem mulheres horríveis.

Quando assistimos ao filme "A Feiticeira" (2005) e em outras fontes  diversas, vemos que a bruxa é capaz de voar sobre uma vassoura. Aliás, quando fala-se em bruxa, automaticamente a associamos à vassoura. Mas, de onde surgiu o mito de que bruxas usam vassouras? Alguns relatos dizem que era costume das parteiras colocarem vassouras atrás da porta para espantar os maus espíritos enquanto nascia a criança.



Com o advento do cristianismo, as bruxas foram chamadas pagãs, justamente por residirem nos campos. Então, a partir do século XI, a Igreja Católica passou a punir os hereges, inclusive as então consideradas bruxas, que, segundo a Inquisição, tinham parte com o demônio. Podemos observar isto no filme "As Bruxas de Salém" (1996), onde, garotas que fazem rituais de bruxaria, inclusive rituais de magia negra, para não serem acusadas por tais atos, acusam pessoas inocentes de terem parte com o demônio. Muitos inocentes morrem nesta perseguição. É um filme muito interessante e abrange este assunto com maestria.



Seja lá como surgiram ou se fazem rituais de magia branca ou magia negra, o fato é que elas existem e andam por aí. Sim! Todas as bruxas fazem rituais. Mas, as que lidam com as energias cósmicas preferem ser chamadas feiticeiras. Convenhamos que é mais bonitinho mesmo. Contudo, abordarei este tema, rituais, numa próxima oportunidade. 

Antes de despedir-me, não poderia esquecer da nossa bruxa preferida, tão temida por Chaves, Chiquinha e Quico. Claro! A bruxa do 71! Esta sim foi a bruxa de nossa infância e nos enfeitiça até os dias atuais! 
Até breve! :)



Maíra Vanessa

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário